Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘registro’

       Cama – 10 mil anos de bons sonhos….  Foi nesta época, há 10.000 anos atrás que descobrimos os primeiros registros de um local reservado para dormir.

       Séculos  mais tarde, os egípcios contruíam plataformas acima do chão para repousar.   A cama do faraó Tutankhamon era feita de ébano e ouro.  Mas, o povo dormia em pilhas de folhas de palmeiras.  Luxo e conforto só apareceram na época do Império Romano quando as camas eram  decoradas em ouro, prata e bronze,  com o preenchimento de lãs, plumas e feno. 

        Na França,  Luis 14 era dono de 413 camas .  Há registro de que algumas das sessões da Côrte se realizavam nos quartos do rei, que gostava de permanecer por horas em seus aposentos.

        Outra curiosidade:  cascas de ervilham eram material valioso antigamente para rechear colchões.   Além das cascas de ervilha, na época da Renascença, os colchões eram recheados com palha e penas e revestidos por veludos e sedas.

        No século 18, como tentativa para afastar insetos, os colchões passaram a ser revestidos de couro.

        Já os colchões de mola fora patenteados em 1865,  os de espuma em 1940 e os de ar na década de 80.

www.bordadoingles.com.br

Anúncios

Read Full Post »

 

           A mais antiga comemoração do DIA DAS MÃES que se tem noticia foi  na Grécia Antiga, quando a entrada da primavera era festajada em honra a “MÃE DOS DEUSES” , Rhea.

           O próximo registro vem do século XVII quando a Inglaterra dava folga para as trabalhadoras no quarto domingo da quaresma.

          Já no século XX, em 1914, Ana Jarvis nos Estados Unidos firmou a comemoração do dia das Mães com o objetivo de fortalecer os laços familiares e o respeito aos pais. 

          No Brasil o primeiro dia das Mães foi promovido em 1918, mas,  só em 1932 a data foi oficializada no segundo domingo de Maio.

          Em 1947 foi determinado que o dia fizesse parte do c alendário oficial da Igreja Católica.

www.bordadoingles.com.br

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: